A poesia do Mato


Uma didática da invenção

IV
No Tratado das Grandezas do Ínfimo estava
escrito:
Poesia é quando a tarde está competente para
dálias.
É quando
Ao lado de um pardal o dia dorme antes.
Quando o homem faz sua primeira lagartixa.
É quando um trevo assume a noite
E um sapo engole as auroras.

(Manoel de Barros. O livro das ignorãças)


A canção que se segue é uma interpretação minha da música Cunhataiporã, do músico sul-matogrossense Geraldo Espíndola. Fiz esta gravação porque não encontro esta música em lugar algum, mas garanto, é bela. Usem da imaginação, eu fico imaginado-a na voz de um Zeca Baleiro ou Oswaldo Montenegro... (rsrs)

9 comentários:

Letícia disse...

É uma coisa. O homem canta com a mesma tristeza dos cantores de Blues. ¬¬

Você tem uma melancolia na voz, Coltrane e toca violão pra lá de bem.

E o poema é muito bom. Mesmo que não seja seu. E vale salientar. Eu gosto de sapos que engolem auroras. =)

luzdeluma disse...

Hum... o que é fazer lagartixa? Beijus

Éverton Vidal disse...

Orra a música é phodástica. Eu gosto. Fiquei até inspirado pra gravar umas canções daqui do norte e colocar no blog, falta um microfone, uma voz rsrsr e todo o resto.

Os acordes são legais, a melodia é estranha, por isso gosto.

Legal você ter "voltado" com o blog, é isso aí.

Abração.

Zélia disse...

De cara nova!!! Faz mesmo um tempinho que não vinha aqui...

Bom, nada de Zeca ou Oswaldo. Eu ouvi alguém expressando a sua poesia. Tão pura e bela quanto a tarde competente para dálias, o dia que dorme, o homem e sua lagartixa ou um sapo que engole auroras. Poesia é o que fala ao coração vindo de outro coração. Tudo certo! ;)

Com carinho,
Zélia

Éverton Vidal disse...

Fala mano! Passa lá no texto "rios" no Renovidade.

Wilcomjc disse...

Olá!

Obrigado pela visita ao Celebrai!

Vc é sempre bem-vindo!

DAIANE ALMEIDA disse...

olá como vai?
gostei do seu cantinho.
muito bacana.
parabéns.......que DEus ilumine seu caminho
uma abraço

Daniela Rocha disse...

Leandro... essas raízes tão valorizadas, seria bom que a maioria fosse assim!

Daniela Rocha disse...

Ahh, tinha esquecido!
Sua voz é de cantor de sucesso, rs.
Gostei demais.